Quem é empreendedor e o que é empreendedorismo

O que é um empreendedor e o que é empreendedorismo?

O empresário é uma pessoa que tem a capacidade e o desejo de correr riscos e ter iniciativa. O empreendedorismo também é um estilo de vida que você pode escolher para viver. Não existe um caminho definido ou fórmula para se tornar um empresário. Como em todas as coisas, há muitas maneiras de ganhar muito dinheiro. Alguns empresários têm muita sorte e outros não. Todos os empreendedores têm apetite e disposição para correr riscos. O empreendedorismo pode ser tão simples quanto olhar para os bens que você pode fornecer para o mercado ou tão complicado quanto olhar para o mercado com 10 necessidades distintas do mercado que você está atendendo. Um componente importante do empreendedorismo é o desejo ardente de ganhar dinheiro. Ser solicitado por dinheiro por terceiros não é empreendedorismo.

Há muitas coisas que um empresário faz. Ele precisa ser determinado e focado. No início do empreendedorismo, há muito pouco capital e muito pouco apoio. O empresário está sempre em busca de mais apoio e a empresa pode se sair bem, mas sem capital suficiente para manter as portas abertas, não é empreendedorismo. Ser capaz de manter as portas abertas é tanto uma questão de determinação quanto ter capital suficiente. É preciso determinação para manter as portas abertas, mas também é preciso ter capacidade de rede. Uma parte crucial de ser um empresário é ser persistente. Você não tenta fazer tudo sozinho, mas depende da ajuda de outras pessoas. Ser persistente significa sempre trabalhar em prol de um objetivo, mesmo que seja difícil, lento ou incerto.

Muitas pessoas que são empreendedoras são empregadas como gerentes, administradores, vendedores, pessoal de P&D, operações, suporte técnico e assim por diante. É um trabalho árduo e uma tarefa sem fim. Ser empresário exige perseverança. Muitas pessoas desistem do empreendedorismo porque não suportam as pressões e as dificuldades de ser empreendedor. Isso só é verdade se o empresário não estiver disposto a fazer o impossível. Para ser empresário, você deve ter a capacidade de não perder a esperança. Se você está fazendo algo que não funciona, precisa sair desse negócio.

Isso não significa que o empresário não possa correr riscos. Significa que você deve estar disposto a correr riscos. Essa é a diferença entre o empresário e o gerente. O empresário sabe que não vai conseguir fazer tudo certo, mas vai. Muitas vezes, isso significa colocar muito mais energia e esforço do que o necessário para administrar o negócio. O empreendedor é capaz de motivar funcionários, fidelizar clientes e impulsionar a organização. Freqüentemente, o empreendedor tem que arcar com o peso da responsabilidade; no entanto, ele é capaz de manter as pessoas ocupadas.

Para se tornar um empresário, você não precisa ser mais inteligente do que ninguém. Muitas pessoas que começam um negócio não desejam encerrá-lo. Eles pedem demissão quando o negócio se torna pesado ou não ganha dinheiro. Você tem que amar o negócio, saber que não pode continuar fazendo a mesma coisa indefinidamente. Você tem que amar a sensação de ver a empresa crescer e decolar. Você tem que ser capaz de enfrentar o dia em que terá de parar o negócio, mas já o construiu o suficiente para poder ir embora quando quiser. O empresário pode ver esse dia e poder dizer: “Hoje é o dia que vou parar”.

Não é preciso ter muito dinheiro para ser empresário. Muitas pessoas que começam um negócio não têm dinheiro para realmente fazer o negócio. Eles pedem dinheiro emprestado para financiar seu crescimento. O empresário com vontade e união consegue endividar-se com a empresa e rentabilizar o negócio.

Para se tornar um empresário, você não precisa ser um gênio da matemática. Muitas pessoas que estão começando um negócio não têm a capacidade de executar os modelos financeiros necessários para manter a lucratividade do negócio. Eles usam a matemática para fazer o negócio crescer, mas muitas vezes o negócio não cresce conforme o esperado. O empresário sabe que precisará fazer modelos financeiros e, muitas vezes, o fará sozinho para determinar o futuro da empresa. Muitos empresários conseguem manter o negócio funcionando e encontram uma maneira de torná-lo lucrativo o suficiente para pagar os juros da dívida.

Para se tornar empresário não é necessário ter uma grande presença na Internet. Muitas pessoas que começam um negócio não têm tempo e capacidade para dedicar horas e horas ao negócio. Eles são bons quando precisam ser bons, mas muitas vezes permitem que o negócio cresça e se expanda fora de controle. O empresário vê que o negócio não é lucrativo e muitas vezes assume o controle de uma posição de propriedade, como CEO. O empresário entende a importância de uma presença na Internet e muitas vezes contrata uma pessoa ou empresa para montar o negócio na Internet.

Para se tornar um empresário, você não precisa saber muitas regras sobre doações, mas precisa ser capaz de dar porque sabe que não pode continuar dando para sempre. Você precisa saber quando você deseja parar de dar. O momento de parar de doar é o momento em que o negócio começa a crescer e se tornar lucrativo. O momento em que você para de doar é o momento em que vê a empresa tendo lucro.